Artigo de:
Diego Brito

Reviewed by:
Rating:
5
On 13 de janeiro de 2016
Last modified:24 de fevereiro de 2017

Summary:

Mercados também têm vida útil. Saiba a qual passo a sua empresa está e determine ajustes necessários para alinhar a estratégia de mercado

Sim, tudo na vida é fase! Assim como as empresas passam por fases, produtos e serviços não fogem à regra. O ciclo de vida de um produto ou serviço é determinado por quanto tempo ele é comercializável. Certo, centenas de exemplos vieram a sua cabeça agora (fita k7, videocassete, gravador de voz), assim como o ciclo de vida das famosas TVs de tubo, que têm seu fim anunciado não é de hoje, visto a entrada das tvs de LED e Plasma no mercado, mais modernas, leves e proporcionando um entretenimento ainda maior que uma simples televisão. Em sentido contrário, o ciclo de vida dos serviços de telefonia IP tem entrado em sua fase de crescimento à medida que mais e mais pessoas o experimenta.

Vamos tentar dividir a vida útil desses produtos e serviços em 4 fases

Fase de Introdução

Os lucros são baixos nesta fase porque os custos de pesquisa,desenvolvimento, produção e comercialização são altos. Os preços altos são definidos sobre o planejamento de recuperação de parte dos custos de desenvolvimento e introdução no mercado. Em relação aos fornos de microondas por exemplo – que agora podem ser comprados por R$250 – já tiveram seus preços entre R$1.000 e R$2.000 quando começaram a ser introduzidos no mercado (lembro que meus pais compraram um microondas em 1997 por R$1450).

Nesta etapa, você vai querer manter uma estreita vigilância sobre a reação do mercado aos seus produtos e serviços e estar pronto para fazer alterações necessárias. Às vezes, ajuda a fazer experiências com várias configurações de produtos e serviços diferentes para ver o que funciona nesses estágios iniciais.

Fase de Crescimento

As vendas geralmente aumentam com a demanda para o produto. Melhora o fluxo de caixa e os lucros estão em seu pico. Quando o imobiliário está sendo desenvolvido, há um aumento da demanda para a construção e os produtos e serviços que suportam o desenvolvimento, por exemplo. Continuar a fazer melhorias para ficar à frente da concorrência deve ser regra.

Fase de Maturidade

As vendas podem continuar a aumentar ou estabilizar, mas os lucros começam a diminuir, já que os preços estão continuamente se reduzindo para competir com o mercado. Ainda assim, uma grande quantidade de fluxo de caixa é gerado através das vendas. Realize pesquisas de mercado para determinar tendências e investa em pesquisa e desenvolvimento, e então adapte o seu produto ou serviço para atender as próximas tendências. Se você não olhar para novas oportunidades do novos mercados e novos produtos, a fase de declínio que está por vir vai deixar você com produtos e serviços que não vendem.

Fase de Declínio/Inovação

As vendas caem rapidamente, apesar dos preços que continuam a cair. As margens de lucro são extremamente baixas nesta fase, mas o produto ou serviço gerou fluxo de caixa suficiente durante a sua vida útil. Quando um produto ou serviço de sucesso atinge tal fase, muitos empresários reintroduzem o bem no mercado adicionando novos recursos ou criando novos benefícios. Simplesmente aumentar o tamanho de uma barra de chocolate em 33% pode reiniciar o seu ciclo de vida. Considere fazer alterações ao seu produto ou serviço, e até na maneira como você o comercializa.

Saber onde seus produtos ou serviços estão em seu ciclo de vida vai ajudá-lo a determinar refinamentos ou ajustes que você pode precisar fazer para alinhá-los com a visão e a estratégia que você já desenvolveu. Agora, conseguiu identificar em qual fase o seu segmento se encontra? Independente da fase, não saia do seu planejamento, somente leve tais preocupações e pondere junto ao propósito do seu negócio.

Data
Artigo
O Ciclo de Vida de Produtos e Serviços
Rating
5

Deixa uma resposta

Seu endereço de email não será publicado