Artigo de:
Diego Brito

Reviewed by:
Rating:
5
On 15 de fevereiro de 2017
Last modified:24 de fevereiro de 2017

Summary:

Uma vez que você começar esse seu negócio que vai mudar o mundo (isso porque se deve sonhar alto, sempre!), como você vai chama-lo?

Uma vez que você começar esse seu negócio que vai mudar o mundo (isso porque se deve sonhar alto, sempre!), como você vai chama-lo de forma que seu nome realmente irá refletir a ideia do projeto?

Se você é o único proprietário de seu negócio, você pode operar o negócio usando seu próprio nome completo. Na verdade, na maioria das vezes, presume-se que você vai operar sob seu próprio nome, se você é uma empresa unipessoal. A atuação no mercado com seu próprio nome é uma decisão muito interessante para profissionais de fotografia, por exemplo. Pense como você estivesse assinando o quadro que você acabou de pintar: ele merece o nome de uma instituição ou a marca do artista que a provou?

Depois de começar a assumir parceiros ou se você tem planos para o crescimento fora de sua garagem, você provavelmente vai querer considerar a utilização de um distinto nome para o seu negócio. Selecionar um nome pode ser muito difícil. Você não quer um nome que se parece com algo que seu gato tenha digitado ao andar sobre o teclado; algo que pode se perder em tradução ou algo que parece tão genérico que se perde no mar do comércio. Então, quando você se encontrar com esse momento Eureka!, se certifique de que você pode usar esse nome.

Verificar Conflitos

Acione seu mecanismo de busca favorito (Google, Bing, Yahoo) e faça uma pesquisa para ver se outra pessoa está usando esse nome. No caso de produtos ou serviços, você também pode verificar se há uma marca registrada para esse nome também. O site Registo de marca tem uma ferramenta de pesquisa para marcas registradas que podem ajudá-lo. Você também pode verificar na Junta Comercial do seu estado para quaisquer nomes comerciais que tenham sido registrados dentro do estado.

Resolver conflitos de nomes

Se o seu produto, serviço ou empresa é diferente e distinguível, então na maioria dos casos não deve haver um problema se você encontrar outra empresa com esse nome. Se você está em uma indústria diferente da empresa com o conflito de nome, então você pode ser capaz de continuar usando esse mesmo nome. No entanto, você deve considerar o fato de que compartilhar um nome com outra pessoa seria bom para o seu negócio, especialmente se você quiser criar sua própria identidade. Se você não encontrar um conflito, você não é obrigado a marca seu nome, mas você deve olhar para ele se você gostaria de proteger esse nome.

E os perfis nas redes sociais?

Nenhum negócio sobrevive hoje longe das redes sociais. Já decidiu o nome da sua empresa? Então não perca tempo e saia registrando a sua marca em todas as redes sociais que ache relevante. Por mais que você não tenha conteúdo a ser vinculado, esse registro permite você garantir exclusividade do uso do novo nome do negócio na internet. Indo mais longe, aproveite e registre o seu domínio .com.br. Diferente das redes sociais (que o registro é gratuito), o registro de domínio custa cerca de R$50 ao ano.

 

E então, já se decidiu sobre o nome do seu negócio? Conta pra gente 😊

Data
Artigo
#3 Dicas para judar a escolher o nome da sua empresa
Rating
5

Deixa uma resposta

Seu endereço de email não será publicado